loading

Biofilia

Biofilia

A denominação, Design Biofílico (do termo biofilia), foi desenvolvida em 1984 pelo Biólogo Edward O. Wilson, para descrever a atração humana (necessidade) pela Natureza. A base da teoria da Biofilia afirma que a saúde humana e seu bem estar tem uma necessidade de fundo biológico que reside no contato com o Meio Natural. Nesse sentido, o Design Biofílico contemporâneo, procura re-conectar o ambiente construído com a Natureza, por meio de estratégias específicas incluindo sem se limitar, o uso de janelas e aberturas, para maior incidência da Luz do dia, para melhor circulação do ar natural contribuindo para que os ambientes fiquem mais arejados, e para a integração com espaços (externos) verdes como jardins.

Além de uma concepção sobre o desenho Arquitetônico e Paisagístico, a Biofilia, trata-se também de uma prática que procura integrar elementos da Natureza nos espaços de habitação enfocando a integração entre as áreas verdes e a Arquitetura de dentro para fora e de fora para dentro, ou seja, a integração entre o interior das edificações e áreas externas com jardins que possibilitem o contato com a Natureza. Projetos arquitetônicos que possuem características biofílicas, apresentam soluções para conectar os ambientes construídos com a Natureza, criando conexões visuais e físicas que proporcionam, bem estar recorrente dos espaços que refletem o hábitat natural codificados em nossos DNAs, desenvolvendo uma tendência necessária ao contexto do mundo moderno, que é o de “Projetar com a Natureza em Mente.”

Vejam algumas fotos de projetos do Studio Plano Verde onde os conceitos de Biofilia foram aplicados.

2014 ©: Studio Plano Verde. Todos os direitos reservados. - Feito com Amor e Carinho por IKOEH.com