loading

BLOG

23
mai
galeria7 (1)

Um jardim para chamar de seu

 

Sonho de ter um Jardim: Um jardim para cultivar beleza; Um jardim para plantar ervas e temperos. E até quem sabe um pequeno pomar… Nele esperar amimada pelas Jabuticabas, Pitangas e Romãs… Esperar pela floração do Ipê Amarelo, das Azaléias, das Rosas e Primaveras… Ter como visitantes: Passarinhos e borboletas… Contemplar suas belezas e se integrar com a Natureza.

Foto – Jardim de Siguta 

Ter um Jardim para chamar de seu é um sonho de muitas pessoas, principalmente aquelas que vivem na agitação das grandes cidades. A vida atribulada  faz com que valorizemos cada vez mais os momentos ao ar livre. Possuir um lugar para relaxar após um dia cansativo em meio ao verde das plantas e outras delicadezas da natureza é um prazer precioso que os espaços externos podem nos oferecer. E como o bem estar não tem preço, investir na criação destes espaços vale a pena.

Detalhe de jardim realizado em Condomínio Horizontal – Campo Belo – SP
Sil França Paisagismo

A vontade de ter um jardim, mesmo num pequeno espaço, aliada a intuição e sensibilidade, só pode resultar num refúgio de resgate do equilíbrio original entre homem e natureza cuja maior contribuição para agitação da vida moderna é o bem estar.

Para ter um jardim você pode contar com a ajuda de um profissional ou poderá fazer por conta própria o que certamente será uma aventura prazerosa.

Detalhe de jardim realizado em Condomínio Horizontal – Campo Belo – SP
Sil França Paisagismo
  • Para fazer seu próprio jardim, primeiramente planeje seu espaço através de um estudo preliminar simples.
  • Observar bem as dimensões do espaço para não exagerar na quantidade de elementos é fundamental.
  • Crie uma planta demarcando as áreas de circulação, pois é importante que o espaço tenha fluidez.
  • Pense no que você gostaria de ter no seu jardim: flores, árvores, aromas, detalhe de água, bancos, pérgola, etc., faça uma lista.
  • Se tiver pouco ou nenhum espaço para plantar diretamente no solo, poderá utilizar como opção composições com floreiras e vasos, estruturas para construir um jardim vertical, vasos em paredes ou pendentes ou até mesmo uma prateleira com diversos vasos de variados tamanhos que fica muito charmoso. Opções é que não faltam.
  • Se gostar de flores, lembre que elas costumam florescer uma vez por ano, então escolha espécies que floresçam em épocas diferentes para garantir o colorido do seu jardim na maior parte do ano.
  • Ao escolher as plantas de um modo geral pesquise sobre as características de cada uma para evitar uma planta de pleno sol na sombra e vice versa, e também para não correr o risco de plantar uma muda que ao ficar adulta atinja, por exemplo, um beiral ou invada o espaço do vizinho.
  • Conhecer bem as características das plantas escolhidas também é importante para acertar nos cuidados necessários à manutenção de cada uma.
Detalhe de jardim executado no residencia I – Alphaville – SP
Sil França – Paisagista

Para perceber melhor o processo de design e planejamento de um jardim, uma dica é:

  • coletar imagens e ilustrações com idéias exeqüíveis para o seu espaço e construir através de recorte e colagem um ambiente composto com os elementos de sua preferência – cores, texturas, formas, etc.
  • Ao visualizar este conjunto de imagens você começará vislumbrar uma tendência a nível de cor, estilo, plantas e ambiente para o seu jardim.
  • A partir dai poderá organizar as etapas necessárias à execução por conta própria ou contando com a ajuda de um profissional. Lembre-se: Jardineiros são sempre bem vindos!
  • Na hora de preparar o terreno dê preferência por terra com adubos orgânicos.
  • Para o plantio em vasos dê preferência aos substratos que são mais leves e adequados.
  • Em relação as ferramentas, elas devem estar sempre bem afiadas para não danificarem as plantas e limpas para evitar a proliferação de fungos e bactérias comprometendo a saúde das mesmas.

A tendência da jardinagem contemporânea é utilizar espécies vegetais mais resistentes , de preferência nativas de cada região e que demandem pouca manutenção.
Um ponto forte e que contribui muito para o resultado cênico de um jardim no período noturno é a iluminação. Ao iluminar as áreas de caminhos e passagens sem esquecer de priorizar os pontos focais nas plantas de maior destaque você cria um clima de encantamento e valoriza seu jardim

Foto – Casa cor Campinas com iluminação do Ateliê de Cerâmica “Eliana Saliba”

Além de criar um jardim para chamar de seu você também pode inovar planejando eventos para celebrar a vida ao ar livre onde poderá receber e reunir pessoas queridas para curtir momentos únicos. Ao compartilhar com suas pessoas queridas seu jardim, você também estará contribuindo para que percebam como o espaço afeta nossas vidas e o quanto as vivências nos espaços de bem estar e realização nos são especiais e bem vindas.

Com ânimo ainda? Então mãos à obra!
Se precisar de mais dicas entre em contato.
Compartilhe sua inspiração e experiência enviando uma foto do seu jardim
para ser publicada aqui no blog.
Abraços com mimos de jardim…
Este post foi publicado no blog Jardim de Siguta e não pode ser reproduzido, sob punição de acordo com a Lei de Direito Autoral nº 9.610 de 1988.

Deixe uma resposta

2014 ©: Studio Plano Verde. Todos os direitos reservados. - Feito com Amor e Carinho por IKOEH.com